Seades participa de debate sobre campanha nacional de combate ao trabalho infantil

As prioridades de atuação do Fórum Nacional de Prevenção Erradicação do Trabalho Infantil (FNPETI) foram debatidas nos dias 2 e 3 deste mês, em Brasília, durante a primeira reunião ordinária do colegiado em 2019. O encontro teve a participação da Secretaria de Estado da Assistência e Desenvolvimento Social (Seades), com a presença da técnica de referência do PETI em Alagoas, Marluce Pereira, que representou também o Fórum Estadual de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil e Proteção ao Adolescente Trabalhador (FETIPAT/AL).

Um dos pontos de pauta foi a campanha de conscientização que marca a passagem do Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil, em 12 de junho, que terá como tema: “Criança não deve trabalhar, infância é para sonhar”. O objetivo é que a campanha tenha um caráter global, alinhado com a proposta da Organização Internacional do Trabalho, que comemora este ano 100 anos de existência, e com os 25 anos do FNPETI. O lançamento da campanha acontece no dia 12 de junho, no Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro.

Na agenda de eventos previstos para 2019, será realizado o Encontro dos Fóruns Estaduais do Nordeste, nos dias 30 e 31 de maio, em São Luiz (MA). Em agosto, Alagoas sedia a 2ª Reunião Ordinária do FNPETI, realizada em Maceió. Participarão as entidades governamentais e não governamentais de todos os estados do Brasil que compõem o Fórum e que atuam na proteção de crianças e adolescentes, e integrantes da rede estadual.

“A reunião do FNPETI é um espaço estratégico de mobilização dos Fóruns Estaduais. O enfrentamento ao trabalho infantil no Brasil exige esforço e compromissos intersetoriais em todas as esferas de governo. É de extrema importância manter um diálogo constante com a sociedade para desconstruir os mitos sobre o trabalho precoce”, ressalta a técnica de referência do PETI, Marluce Pereira.

Ascom – 04/04/2019