Ministro do STF notifica Bolsonaro por relacionar ONGs a queimadas na Amazônia

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Alexandre de Moraes notificou o presidente Jair Bolsonaro a explicar sobre sua declaração de que os incêndios na Amazônia poderiam ser “potencializados” por ONGs. O despacho atende ao pedido da Associação Alternativa Terrazul, instituição com sede em Fortaleza (Ceará).

“A questão da Amazônia, no meu entender, pode ter sido potencializada por ONGs, porque eles perderam grana”, disse o presidente a jornalistas em 21 de agosto, no Congresso Aço Brasil.

No pedido encaminhado ao Supremo, a associação fez 8 questionamentos a Bolsonaro. Entre eles, perguntou se havia provas ou indícios para basear a afirmação e quais seriam as ONGs envolvidas em casos como esses, diz o MSN.

Para o ministro do STF, o pedido é procedente. “Verificando, em uma primeira análise, a pertinência do pedido, NOTIFIQUE-SE o interpelado para apresentar explicações, instruindo o ofício com cópia da peça inicial e desta decisão”, diz trecho do despacho.

05/10/2019